Resenha do Wattpad: Juventude Engarrafada

18.12.16




Autor: Wilgner Santos | Ano: 2012
Páginas: 190 | Editora: Multifoco
Gêneros: Ficção Científica, Romance Policial
Adicione no Skoob | Curta no Facebook | Leia no Wattpad






Sinopse:
Grandes mistérios circundam o necrotério municipal de Sarutobê, na Bahia. Crianças desaparecem e reaparecem mortas sem nenhum resíduo de sangue em seus corpos - um mistério intrigante para o detetive Tony Adolf, do décimo nono distrito policial, tentar desvendar.
O CENPE é um centro de pesquisa secreto e o mais poderoso do século XXI - localizado no subsolo de Sarutobê. Tudo que é dito e feito dentro de suas paredes metálicas é mantido em total sigilo.
A cientista Elizabete Ferrais determinada a acabar com os planos maléficos do Doutor X, a maior mente do CENPE, enfrenta grandes perigos até que os caminhos dela e de Tony Adolf se cruzem novamente - um casal que na universidade quase vivenciou uma paixão surreal.
Ao perceber que todo o seu plano de dominar o mundo e conseguir a juventude eterna está indo por água abaixo, Doutor X toma uma decisão dramática que irá mudar o rumo dessa história.
Repleto de reviravoltas e suspense, Juventude Engarrafada consagra ao autor um estilo próprio capaz de seduzir o leitor nas primeiras páginas apenas para impressioná-lo nas últimas.




Sabe aquele livro que você não dá nada por ele à primeira vista, começa a ler, não se empolga, decide deixar para depois e depois de um tempo dá uma nova chance e acaba se surpreendendo? Foi exatamente o que aconteceu com essa história. Afinal, que atire a primeira pedra aquele que nunca pensou "por que eu não li isso antes?".

Logo de cara a história nos apresenta o tão misteriosos Doutor X citado na sinopse. Sendo assim, se dá a entender que todo o enredo gira em volta desse personagem e dos seus planos sobre a cidade de Sarutobê, na Bahia, e, em breve, todo o mundo. Ele tem como objetivo conseguir juventude eterna, mas para isso, de sacrificar algumas coisas.

Durante a leitura, tive a impressão de estava lendo aquele formato clichê de vilão de histórias de super-herói. Temos o mocinho, Tony Adolf, que quer descobrir o que está por trás dos desaparecimentos de crianças. Ele é um detetive solitário, sem família e nem amigos, passando boa parte do tempo se dedicando ao seu trabalho. Temos também a mocinha, Elizabete Ferrais, uma cientista brilhante, que trabalhou por muito tempo na organização de Doutor X, mas decidiu que os planos deste estavam passando dos limites. Ainda assim, senti que os personagens secundários foram muito bem colocados, como Igor, Xavier, entre outros.

Por mais que a história tenha essa fórmula dando a entender que tudo é muito previsível, há reviravoltas em determinado momento que me deixou de boca aberta. Achei bem interessante e curiosa a explicação para a tal juventude eterna, visto que tudo gira em volta disso. 

Durante os capítulos acompanhamos Elizabete tentando sair da organização do vilão em questão, indignada com as monstruosidades que estavam acontecendo dentro do complexo. No entanto, ela corria perigo de vida, pois sabia que quem entrava no caminho dele, acabava morto. Faz de tudo para destruir os planos dele, até que recebe a ajuda de sua antiga paixão da faculdade, Tony. Também temos capítulos dedicados a Igor, que foi sequestrado igualmente às outras crianças. Ele é um menino bem esperto, mas tudo o que quer é fugir, e por meio disso, acaba dando de cara com algumas situações que o deixam bastante amedrontado e tenso.

A escrita de Wigner é detalhada na medida certa, de forma que os capítulos passem com uma fluidez impressionante. Não é uma história muito longa, então a minha leitura se deu bem rapidamente. Os acontecimentos são muito bem articulados e que vão sendo reveladas as ligações aos poucos, dando um prazer a descoberta. O que mais gostei foi o fato de ser uma história de ficção científica que tem o Brasil como cenário, coisa que eu nunca tinha visto. No entanto, nem tudo foi um mar de rosas... O romance apresentado eu achei ele bastante forçado e desnecessário, o que na minha opinião, poderia ter sido muito melhor explorado em uma continuação.





3 comentários:

  1. A premissa é bem interessante e eu gosto quando os livros se passam no Brasil. Esse ar de familiaridade faz com que o enredo seja mais atrativo.
    Apesar do romance não muito convincente, talvez eu dê uma chance.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de dezembro. Serão dois vencedores, dividindo 3 livros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Venha engarrafar juventude! rsrsrs

      Excluir
  2. Olá! Só pude aparecer agora... coisas da universidade.
    Obrigado pela resenha! Adorei.
    De novo, muito obrigado.
    Que bom que gostou.
    Ah, devido ao novo formato do livro (antes impresso e agora online) algumas coisas ficaram meio estranhas mesmo (no caso, o romance entre os protagonistas). Atualmente, estou corrigindo tal desventura na plataforma online. Livro I acabou de sair do forno. (II e III ainda estão sendo melhorados paulatinamente). As personagens secundárias estão sendo encorpadas também (mais presença de palco para muito mais ação e reviravoltas) hahaha Ah, em breve, vou fazer uma edição impressa de forma independente. Se quiser, posso enviar para vc de cortesia.

    Adoro essas resenhas sinceras. As críticas sempre ajudam a melhorar. E eu adoro ficar tentando aperfeiçoar Juventude Engarrafada a cada conselho dos resenhistas. Obrigado mesmo. Um abraço.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.