Resenha do Filme: Submarine

26.10.16



Título Original: Submarine
Dirigido por: Richard Ayoade
Ano de Estreia: 2010
Avaliação: 4/5

Sinopse: Oliver Tate (Craig Roberts) é um menino de 15 anos que tem dois objetivos na vida: perder a virgindade antes do seu aniversário com a sua nova namorada Jordana (Yasmin Paige), e tentar afastar a mãe do ex-namorado que se mudou para a casa ao lado. Além disso, para salvar o casamento de seus pais, Oliver tem a ideia de controlar a vida sexual deles e de forjar cartas românticas sugestivas de sua mãe para seu pai. (Fonte: AdoroCinema)




Olá a todos! Venho trazer aqui o meu segundo post oficial, porém o primeiro com conteúdo real.


Hoje estarei apresentando uma resenha, sem spoilers, do filme Submarine de 2010, dirigido por Richard Ayoade, o mesmo diretor do DVD ao vivo "At the Apollo" (2008) da banda Arctic Monkeys e ator que faz o papel de Jamarcus no filme The Watch (Vizinhos Imediatos de 3º Grau). 

Falando em Arctic Monkeys, é importante deixar bem claro que a trilha sonora do filme é o grande tempero do filme, e que faz ele ter um gostinho especial. Ela foi composta por Alex Turner, frontman da banda. Inclui faixas como: Piledriver Waltz, Stuck on the Puzzle e It's Hard to get Around the Wind, que dão um tom calmo e representam bem o estranho romance entre os protagonistas.

O filme gira em torno de Oliver Tate (Craig Roberts), um garoto muito reflexivo e questionador, Jordana Bevan (Yasmin Paige), uma piromaníaca impulsiva, e o envolvimento de ambos, algo bastante confuso, mas com várias referências aos tradicionais romances adolescentes. Tate começa a perceber problemas no casamento de seus pais e isso o persegue durante o filme inteiro.



A imagem do filme dá um ar de que fora gravado com câmeras mais antigas e o figurino bem clássico, o que deixa a obra bem atemporal. Também são utilizadas várias gravações de flashbacks com câmeras de baixa qualidade e Jordana tira fotos com câmeras Polaroid (aquelas que revelam a foto na hora).

Em suma, não é um filme sensacional de bom, mas é uma obra prima no que se propõe a ser. Bem escrito, dirigido, com trilha sonora bem encaixada e de qualidade e um romance que foge do clichê que surpreende muito e te faz estranhar.

Ainda não viu o filme? Não perca tempo, vá ver agora mesmo! (risos)

Abraços a todos vocês e até a próxima!


 

20 comentários:

  1. Oi Igor!
    Não é meu tipo de filme, mas concordo com você que nem todas as premissas precisam ser completamente inéditas e surpreendentes. O clichê, por exemplo, quando bem manipulado, pode funcionar muito bem. Se o filme aproveita o máximo do que a sua premissa tem a oferecer, já está ótimo.
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Igor
    Mesmo o filme sendo mais antigo, não o conhecia. Tomara que tenha na Netflix, pois agora estou acomodada e vendo só o que passa lá (mas infelizmente muitos filmes bons não passam por lá).
    Gostei da dica.
    Abraços,
    Gisela
    Ler para Divertir

    ResponderExcluir
  3. Concordo contigo a trilha sonora desse filme é uma maravilha a parte, eu gosto muito do trabalho do Alex Turner num modo geral e o filme além da música claro, é ótimo e bem envolvente

    ResponderExcluir
  4. já vi muita gente comentando que esse filme era muito bom, mas sempre que via a capa dele ficava meio (???). Sei lá, gosto de filmes leves e engraçados, comédias românticas mesmo. Mas fiquei interessada porque passa muita realidade. E quando li que AM faz a trilha sonora já decidi assistir. Não tem como não amar AM <3

    gostei, vou dar uma chance. espero mesmo que seja legal
    beijos, isa
    http://isaloucaporlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Igor!

    Poxa, o filme não me empolgou tanto... talvez em um outro momento.

    Bjs
    www.livrosdabeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Eu ainda não conhecia o filme mas gosto dessa coisa de dar a impressão de ser antigo e tal, acho que pode ser uma boa pedida para um final de semana chuvoso, no finalzinho da tarde.

    ResponderExcluir
  7. Olá,Igor. Não conhecia o filme, e confesso que não me chamou muito a atenção, a não ser pela parte que o protagonista forja as cartas da mãe para o pai. Não assistiria este filme!

    ResponderExcluir
  8. Olá, não conhecia o filme, mas fiquei muito interessada! Dica anotada ♥ Um beijo.

    ResponderExcluir
  9. Olá, Igor. Não conhecia o filme, sua resenha ficou ótima. Mas não é o tipo de filme que eu curto, confesso que fico entediada com filmes assim rs. Mas anotei o nome, quem sabe eu assista e me surpreenda.

    www.umdejulho.com

    ResponderExcluir
  10. Oi Igor, não vi o filme, e para dizer a verdade, nem o conhecia. Gostei deste diferencial de parecer ser gravado com câmeras antigas. Vou guardar a dica, quem sabe venho a assistir.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  11. OI Igor, tudo bem? Não conhecia o filme, mas a premissa me deixou bastante curiosa. Vou assistir sim, assim que tiver um tempo livre. beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi Igor! Tudo bem?
    Não conhecia o filme! Aliás, sobre filmes e séries, sou totalmente por fora (rsrs). Parece interessante, pode ser que assista em outro momento, por agora estou mas nos livros! Parabéns pelo post! Bj

    ResponderExcluir
  13. Igor, não conhecia o filme.
    Confesso que não me interessei muito pela premissa, mas quem sabe quando estiver sem opção acabe assistindo.

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Não conhecia o filme, mas não é muito do estilo que geralmente assisto, então vou deixar essa dica de lado, por enquanto.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bem?
    Não conhecia o filme, mas vou procurar pra assistir, gostei da pegada mais clássica dos figurinos e tudo mais!
    Bjs

    ResponderExcluir
  16. Que bacana Eduarda.
    Confesso que não conhecia o filme é fiquei interessada. Tanto pelo enredo quanto pelas personagens.

    ResponderExcluir
  17. Igor eu não conhecia esse filme... Mas pela foto e descrição que você nos passou, me pareceu ser um bom romance para assistir! ^^

    ResponderExcluir
  18. Acho o Craig um fofo. O conheci através do filme the fundamentals of caring e me encantei. Ele também aparece em vizinhos. Enfim, ainda não vi esse filme citado, mas quando tiver a oportunidade vou ver.

    ResponderExcluir
  19. Oi Igor! Tudo bem?
    Não sou muito ligada em filmes e nunca sei o que está nos cinemas ou os favoritos do Oscar. Mas assisto sempre que posso. Esse filme não conhecia e fiquei interessada, parece ser muito bom! Dica anotada! Bj

    ResponderExcluir
  20. Olá, não conhecia o filme e fui procurar na netflix e não tem :/
    Mas amei a dica, parece ser bem legal o filme.
    Você sabe aonde posso encontrar pra assistir?

    Bjs

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.